Raphael Veiga elege o pênalti mais difícil de sua carreira

0

Cobrador oficial de pênaltis do Palmeiras, Raphael Veiga revelou qual foi a cobrança mais difícil que fez em toda a sua carreira.

Em entrevista à Conmebol (assista à entrevista completa ao final da matéria), o camisa 23 do Verdão afirmou que contra o Chelsea na final do Mundial de Clubes sentiu um nervosismo maior por conta do goleiro do time inglês ser Édouard Mendy:

“Acho que o pênalti mais difícil foi contra o Chelsea mesmo. Um goleiro que o povo considera como o melhor do mundo. Juntou tudo ali na hora e eu falei que é comigo.”

Apesar de enfrentar o goleiro eleito o melhor do mundo em 2021, Veiga converteu o pênalti contra o Chelsea e até hoje mantém uma marca de 100% de conversões com a camisa do Palmeiras.

O meia disse que tudo é questão de treino e de preparo mental, e que define onde baterá cada pênalti apenas no momento de cada cobrança:

“Depende muito da hora do jogo, momento, placar… é algo que sinto na hora. No treino o que procuro fazer é bater com a mesma concentração do jogo, meu ritual, colocar a bola do jeito que eu gosto, contar os passos, respirar…e ali eu decido onde vou bater. Já estudei goleiro, mas é um negócio muito mais que eu sinto na hora.”

Raphael Veiga pelo Palmeiras

Raphael Veiga é jogador do Palmeiras desde 2017, quando foi contratado junto ao Coritiba por 4,5 milhões de reais.

Em seu primeiro ano, o meia teve poucas oportunidades e em 2018 foi emprestado ao Athletico-PR, onde teve mais espaço e retornou ao Verdão em 2019 mais experiente.

Ao todo, ele já disputou 188 jogos, marcou 59 gols e conquistou cinco títulos: duas Libertadores, dois Paulistas, uma Copa do Brasil e uma Recopa Sul-Americana.


Leia mais:
+ Palmeiras informa lesão de Piquerez e teste positivo de Covid para Wesley
+ Abel faz reclamação à CBF: “Não pode o árbitro ser amador”

Advertisement
você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.