Palmeiras entra em acordo para pagar dívida da contratação de Wesley em 2012

Verdão tem dívida com o ex-presidente do Criciúma, que ajudou na contratação do volante

0

O Palmeiras entrou em um acordo para pagar uma dívida que vinha se arrastando nos últimos anos em relação ao volante Wesley, que jogou no Verdão entre 2012 a 2014.

De acordo com o Globo Esporte, a diretoria do Palmeiras entrou em um acordo com Antenor Angeloni, ex-presidente do Criciúma, que ajudou na contratação de Wesley em 2012.


Leia mais:


Angeloni foi o fiador da negociação entre Palmeiras e Werder Bremen, clube que tinha os direitos de Wesley até então. O dirigente emprestou dinheiro ao Verdão para contratar o atleta, que custou cerca de 21 milhões de reais na época.

Ficou acordado que o Palmeiras pagará 48 milhões de reais ao ex-presidente do Criciúma. A dívida estava avaliada em aproximadamente R$ 60 milhões devido aos juros que foram acumulados, mas as partes concordaram na redução do pagamento.

O Palmeiras pagará 20 milhões que estavam bloqueados da venda de Moisés ao Shandong Luneng-CHI em 2019. O restante da quantia será quitada em 20 parcelas.

Wesley no Palmeiras:

Wesley foi contratado pelo Palmeiras em 2012 e não deixou saudades no clube.

O clube chegou até a abrir uma ‘vaquinha’ para conseguir arrecadar dinheiro por sua contratação. Como não conseguiu o dinheiro necessário, buscou o empréstimo com o até então presidente do Criciúma.

Alguns dias após ser contratado, Wesley teve uma séria lesão que o fez perder quase todo seu primeiro ano pelo clube.

Ele participou durante boa parte das temporadas 2013 e 2014, mas foi considerado pela torcida um dos responsáveis pela péssima temporada do Verdão em seu centenário.

O jogador deixou o Palmeiras em 2015 e desde então rodou por diversos clubes do futebol brasileiro. Jogou por São Paulo, Sport, América-MG, Criciúma, Avaí e hoje, aos 33 anos, está no CRB.

 

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.